Empresas instaladoras devem ganhar força em 2020 / Oregon Department of Transportation
A importância do setor de energia solar fotovoltaica está crescendo a cada ano no Brasil.

Hoje, essa fonte de energia já ocupa a sétima posição na matriz elétrica brasileira, ultrapassando a nuclear.

E, segundo pesquisa do Sebrae, deve crescer ainda mais. Até 2030, deverá atingir 2,7 milhões de unidades consumidoras.

Além disso, até 2020, devem surgir cinco mil empresas instaladoras de micro (até 75Kw) e minigeração (de 75Kw até 5Mw) de energia

“O mercado vem crescendo bastante. Além disso, o preço das placas solares também vem caindo”, observa a analista Andrea Faria, do Sebrae.

De olho na energia solar
O setor de energia solar fotovoltaica está ganhando força, também, por conta da economia que ela gera.

Pesquisa feita entre maio e julho deste ano pelo Centro Sebrae de Sustentabilidade mostrou que empresários que adotaram o sistema reduziram gastos com energia em 83,9%.

Além disso, mais da metade (60%) pretende investir mais em energias renováveis — sendo que, desses, 47,5% na fonte solar fotovoltaica.

No entanto, a penetração ainda é pequena. Apenas 0,1% das microempresas e empresas de pequeno porte já instalou a geração distribuída solar fotovoltaica.

Mas praticamente todos (96%) identificam resultados positivos do investimento.

MANS, Matheus. Por que o avanço da energia solar deve acelerar no Brasil. InPor que o avanço da energia solar deve acelerar no Brasil. [S. l.], 19 nov. 2019. Disponível em: https://www.inova.jor.br/2019/11/19/energia-solar-brasil-sebrae/. Acesso em: 19 nov. 2019.

Tags
No Tag

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *